segunda-feira, 2 de junho de 2014

TAM vai comprar 20 jatos para voos regionais

O presidente da TAM, Marco Antonio Bologna, afirmou que até o fim do ano a empresa vai anunciar a compra de 20 jatos regionais para operar em cidades médias do Brasil. “Já tomamos a decisão de entrar no mercado regional. Até o final do ano, decidiremos qual será o modelo do avião”, disse Bolonha, destacando que a empresa pretende operar apenas jatos — e nenhum turboélice.

O executivo acredita haver demanda de 50 a 55 cidades para uma operação com jatos regionais.

Segundo Bologna, a empresa está conversando com diferentes fabricantes, embora haja uma preferência natural pelos jatos da Embraer.

“O E2 [nova geração de jatos regionais da Embraer, mais eficiente] é um super avião. Ainda temos que avaliar as condições, mas o financiamento em real, o aspecto tecnológico e a facilidade de manutenção pesam a favor da Embraer”, disse Bologna, que está em Doha, no Qatar, para o encontro anual das empresas aéreas, promovido pela Iata, a associação internacional do setor.

O grupo Latam ainda não decidiu se a operação regional será feita com uma nova marca e uma empresa subsidiária ou se os aviões serão integrados à frota da TAM.

Segundo Bologna, a entrada no mercado regional é vista como necessária para alimentar a operação doméstica, mas para viabilizá-la a empresa conta com o plano de aviação regional do governo. “Precisamos dos investimentos em aeroportos regionais e também dos incentivos de isenção de tarifas aeroportuárias”.

Fonte: Folha SP via Contato Radar

5 comentários:

Cairo Roberto Gontijo disse...

Excelente noticia! Temos muitas cidades médias, algumas capitais e outras de interior, que necessitam de planos para viabilizar mais voos. Só a foto da matéria é que não combinou com a noticia. Diz que serão todos jatos e a foto é turboélice.

Maurício Alves disse...

A foto retrata a TAM REGIONAL de antigamente.

Lucas RVD disse...

Seria uma boa pra Rio Verde... Precisamos de concorrência aqui para a Azul... Ela nada de braçada aqui...rs

João Paulo Rodrigues dos Santos disse...

provavelmente serão 737-300,A318/319 ou os E-jets da Embraer

Rafael Viana disse...

Querido amigo João , a Tam já utiliza aeronaves do modelos A319 , não há viabilidade para operar vôos regionais com essa linhagem de jatos(737-300, A319 / 18 ). Como a proposta é de entrar no mercado regional , até mesmo os E-jets são aeronaves que não são comportadas em alguns aeroportos regionais. Penso eu , que poderiam ser utilizadas aeronaves da Embraer como os E-45 ou E-75.
O futuro nos dirá isso !
Abraços