Helicóptero Esquilo cai em Aruanã e mata o ex-jogador Fernandão e mais quatro pessoas

A queda do helicóptero Esquilo AS350BA, registrado como PT-YJJ, em que estava o ex-jogador do Inter Fernandão (Fernando Lúcio da Costa) ocorreu logo após a decolagem às margens do Rio Araguaia, interior de Goiás. O Corpo de Bombeiros de Aruanã, que resgatou Fernandão e mais quatro pessoas na madrugada deste sábado, confirma que a aeronave modelo Esquilo caiu cerca de 300 metros depois de decolar, em uma praia de água doce. Com o choque, o helicóptero se partiu em dois – a cabine e a cauda foram jogadas na areia. O acidente aconteceu por volta de 1h30min, e o resgate do ex-atleta ocorreu duas horas depois.

Imagens divulgadas na internet.
Imagens divulgadas na internet.

Oliveira informou que Fernandão estava inconsciente e tinha muitas dificuldades para respirar. Ele tentou reanimá-lo, mas diante da gravidade da situação, acabou encaminhando ao hospital da cidade o ex-jogador do Inter, que não resistiu. A aeronave, registrada em nome de um empresário de Goiânia, dono de uma concessionária de máquinas agrícolas, não explodiu. Os tripulantes tinham múltiplas fraturas quando foram localizados.

A investigação das causas do acidente será feita pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa). Conforme a Polícia Militar de Aruanã, havia pessoas acampadas nas proximidades, já que o local é turístico e procurado pelos moradores da região a partir de junho, quando o nível de água do Araguaia diminui. Segundo os bombeiros de Aruanã, as outras vítimas são o coronel da Polícia Militar Milton Ananias, Lindomar Mendes Vieira, Antônio de Pádua e Edmilson de Souza.

Fonte: O Popular

Comentários

o que exatamente causou a queda ?