Visita da presidente Dilma causa problemas na operação do aeroporto de Goiânia

Ontem, 21, no início da noite o aeroporto de Goiânia teve a operação dos voos prejudicada devido à interdição de dois BOX (01 e 02) do pátio principal para a visita da presidente Dilma. Com isso, a partir das 19h00 apenas quatro posições de paradas estavam disponíveis para utilização da aviação comercial, e assim duas aeronaves, sendo uma da Azul e outra da TAM, tiveram que aguardar mais de 15 minutos para ingressar no pátio e desembarcar os passageiros.



Durante esta operação as companhias aéreas tiveram de acelerar ainda mais as suas operações, para que a interdição dos BOXs não interferisse tanto na rotina do aeroporto. O Embraer 190 denominado como VC-2 e registrado como 2591 da Força Aérea com a presidente Dilma a bordo, pousou no aeroporto de Goiânia às 20h25 e interrompeu as operações de embarque e desembarque por aproximadamente 15 minutos, até que a comitiva saísse das dependências do aeroporto.

Na sequência as operações foram normalizadas, mas os dois BOX ficaram interditados até o fim dos compromissos presidenciais na cidade. No fim da noite, por volta das 23h30, outro Embraer 190 denominado de VC-2 e registrado como 2590, pousou no aeroporto Santa Genoveva, para buscar o restante da comitiva da presidente.


Comentários

Unknown disse…
Espero que a presidente tenha visto mesmo o tanto que o Aeroporto Santa Genoveva está um lixo.

E essa ampliação do terminal do GYN... já são anos e anos. Infraero é um exemplo de ineficiência! So tercerizando que as coisas vão para frente.