Goiânia recebe visitantes inesperados (Atualizado)

Na manhã deste domingo, o Aeroporto Santa Genoveva recebeu duas visitas inesperadas e inéditas.

Duas aeronaves Boeing 757-200 oriundas dos Estados Unidos que tinham como destino final o aeroporto de Brasília, pousaram no Aeroporto Santa Genoveva. Os voos não tiveram condições de pouso na capital federal devido a condições meteorológicas degradadas, que por algum tempo cessaram as operações do aeroporto Juscelino Kubitschek.

O primeiro voo a tocar o solo goianiense foi o Delta 221, procedente da cidade de Atlanta às 7:27 hora local, e o logo após, às 8:47, pousou o voo American Airlines 243, procedente da cidade de Miami.

O voo American 243 deixou Goiânia às 10:45 e o Delta 221 às 10:53 decolando pela cabeceira 14, assim concluindo a longa e conturbada jornada até Brasília.

Tanto o Boeing 757, como a Delta e a American são movimentos inéditos em Goiânia, e que felizmente, não passaram batidos. Ambos foram bem registrados pelos colaboradores do GYN Online que gentilmente nos cederam as imagens a seguir:


Atualização - 15-04 - Fotos do American Airlines por Getúlio Carnielo.




Comentários

Cássio Mac disse…
Que legal!!! Queria ter visto!
Apesar da pista ter suportado o pouso, nota-se pelas fotos que o atendimento às aeronaves foi realizado fora do pátio, escancarando a precariedade do aeroporto de Goiania também no quesito pátio.
Maurício Alves disse…
Sem dúvida Eduardo. O problema que o PCN, no papel, não aguentaria os 757. Porém, ainda bem que ocorreu tudo bem. Mas, o atendimento nestas situações emergênciais e com pátio lotado, tem de ser feito na taxiway. Mas, se fosse uma operação, daria para bolar uma posição de parada alternativa no pátio, onde seria possível o atendimento de até um 767-300.
Unknown disse…
Show de imagens! Valeu Blog!

Mas será que algum dia teremos um vôo ATL-GYN; our MIA-GYN?
Não custa nada sonhar!

É preciso primeiro privatizar os aeroportos brasileiros.
Vejas os EUA como exemplo gente...
FabriciodoBlog disse…
Creio que é necessário vontade POLÍTICA do Governo Federal (ao qual a administração é capitaneada) acho que temos de parar pensar apenas na vontade de um partido e sim mobilizarmos para querer um melhor aeroporto, que é o mínimo que os governantes podem fazer.
Mauricio Alves, provavelmente esse local de parada dos 757 ou até 767 deveria ser no local onde hoje serve de parada e estacionamento para os monomotores e pequenos executivos, ou talvez no outro extremo do PCN, já proximo ao Hangar da Voar.
Quanto ao comentário do colega sobre voos diretos de Gyn para os EUA (Atlanta ou Miami), acho muito dificil, não tanto pelo aeroporto, mas devido a proximidade com Brasilia e a procura aqui existente.
Para se ter um idéia, BH, que é mais de 5 vezes maior que Gyn tem raros voos internacionais devido a demanda.
Maurício Alves disse…
Eduardo, quando ABSA demonstrou interesse para voar em GYN, a posição de parada do B767 seria paralelo ao TPS, ocupando a posição 1, 2 e 3. Portanto, acredito que se numa possibilidade de um voo internacional, seria dessa maneira, até termos um novo aeroporto, mas como é impossível, trabalhamos com o que temos em GYN.
Funcionário disse…
Piada...o aeroporto de Caldas Novas tem o PCN maior que o do Santa Genoveva.