segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Movimento de passageiros - Aeroporto de Goiânia - Agosto

A INFRAERO disponibilizou os dados do movimento de passageiros do aeroporto Santa Genoveva referente ao mês de Agosto de 2014. Seguindo um bom ritmo de crescimento, a cidade de Goiânia movimentou em agosto 286.197 passageiros, 12% a mais que o mesmo período de 2013.



Com este desempenho, o aeroporto de Goiânia permanece na 16ª colocação entre os maiores aeroportos brasileiros, na frente de Manaus-AM e Cuiabá-MT. Como em Agosto, a Avianca iniciou sua operação a partir do dia 11, a tendência é que a movimentação de Setembro seja ainda maior e eleve a média de crescimento anual, pois assim será somada os 30 dias de operação da nova empresa.




domingo, 21 de setembro de 2014

Boeing 727 da RIO volta a operar voos em Goiânia

A RIO Linhas Aéreas voltou a operar seus voos em Goiânia com o Boeing 727-200F. Desde o início de agosto, a empresa alterou o equipamento e empregou o novo Boeing 737-400F, registrado como PP-WSA, nos voos para Goiânia. Desde a última semana, uma mudança na malha da empresa, redirecionou o saudoso Boeing 727 para as rotas goianas.

A RIO opera dois voos na capital goiana, um às 22h45 para São Paulo - Guarulhos e o outro às 05h30 para Campo Grande-MS. Os voos são operados desde a noite de domingo a manhã de sábado.

© Maurício Alves / GYN / GYN Online

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Aperitivo: Base Aérea de Anápolis 2014

O GYN Online prepara a matéria dos Portões Abertos da Base Aérea de Anápolis. Enquanto não publicamos, curta algumas fotos do evento.




quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Quatro aeroportos goianos estão entre os 100 aeroportos regionais com maior potencial

Um estudo inédito divulgado nesta quarta-feira (17) durante a abertura da Airport Infra Expo & Aviation Expo, em São Paulo, apresentou uma relação dos 100 aeroportos regionais brasileiros com maior potencial econômico. Intitulado "Ranking dos Aeroportos Regionais: Potencial de Desenvolvimento", o levantamento foi elaborado pela empresa de consultoria Urban Systems e teve como base os complexos aeroportuários que fazem parte do "Programa de Investimentos em Logística: Aeroportos", do Governo Federal.

© José Marques - CLV
Os cinco primeiros colocados do estudos são, nesta ordem, os aeroportos de São José dos Campos (SP), Ribeirão Preto (SP), Joivinlle (SC), Campos de Goytacases (RJ) e Uberlândia (MG). "Para aferir o desempenho criamos o Índice de Qualidade Mercadológica (IQM), uma metodologia que leva em consideração aspectos como informações comerciais, urbanísticas, econômicas e infraestruturais dos impactos da atividade portuária na região estudada", explica o presidente da Urban Systems, Thomaz Assumpção.

No estudo, apenas quatro aeroportos Goianos foram considerados. Na ordem de importância, o aeroporto de Anápolis-GO (Muito Alto), Caldas Novas-GO (Alto), Rio Verde-GO (Médio) e Itumbiara-GO (Baixo).

O objetivo do levantamento, além de avaliar o potencial dos complexos, é destacar o papel indutor dos aeroportos na economia regional. "50% das viagens realizadas nos aeroportos regionais são feitas por executivos. Uma região sem um ambiente positivo de negócios não tem uma aviação desenvolvida. Além disso é preciso discutir a mudança da matriz logística do País, fomentando o transporte aéreo de carga. Este também foi a proposta do estudo", completa Assumpção.

Fonte: Contato Radar adaptado GYN Online

domingo, 14 de setembro de 2014

Aeronave tem problemas durante pouso e fecha aeroporto de Goiânia

No último sábado, 13/09, um incidente com um Embraer 810D Seneca III deixou o aeroporto impraticável por quase quatro horas. 

O avião registrado como PT-RSN (cn 810480) pousou por volta das 18h pela pista 14 do aeroporto de Goiânia e teve problemas no trem de pouso principal, que não estava travado. A aeronave se arrastou e parou na grama ao lado da pista.





Como não há uma estrutura preparada para este tipo de incidente dentro do aeroporto, as operações foram paralisadas por aproximadamente quatro horas e todos os voos da noite sofreram grande atraso. Três voos foram cancelados e pelo menos oito voos de todas as companhias foram afetados. Os aeroportos de Brasília-DF e Uberlândia-MG receberam as aeronaves que tinham como destino o aeroporto Santa Genoveva, e ambos ficaram com o pátio lotado.

Durante a interdição do aeroporto Santa Genoveva, a Infraero e o proprietário do avião tentaram algumas alternativas para retirar a aeronave, mas sem sucesso. Com muito custo, o guincho chegou por volta das 21h20 para realizar uma tarefa de 25 minutos. Finalmente, as 21h45 o aeroporto foi liberado para pousos e decolagens. 

Enquanto o aeroporto estava impraticável, o terminal de passageiros estava abarrotado de gente, pois pelo menos 800 pessoas estavam tentando embarcar a partir de Goiânia. Devido a mega evento VillaMix, não havia hotel em Goiânia e região, e alguns passageiros tiveram de dormir em motéis.

Somente no início da madrugada a situação normalizou e os últimos voos programados para o sábado saíram e pousaram em Goiânia no comecinho do domingo.